Fazer força ou não em cada contração de eletroestimulação

Ganhe massa muscular após uma lesão

No outro dia, recibi um email de um leitor que me dizia o seguinte:

“Comprei um eletroestimulador para recuperar de uma cirurgia para corrigir uma lesão na anca. Após apenas duas semanas com muletas, tinha perdido 1cm de quadríceps e de gêmeos, e também de glúteo. Ainda assim, estava bem musculado porque faço muita bicicleta (ciclovia e montanha). O objetivo é utilizar o eletroestimulador para conseguir recuperar alguma da massa muscular já que no ginásio me é impossível, pelo menos de momento.

Este é um problema que nos pode afetar a todos, mais dia, menos dia, uma vez que ninguém está livre de ter uma lesão que nos obrigue a parar e provoque alguma atrofia.

Agradeço a sua ajuda.”

Plenamente de acordo, sobretudo o último parágrafo. Ninguém está livre de fazer uma lesão que nos deixe parados mais tempo do que o desejado.

Hipócrates, o pai da medicina, dizia muito sabiamente “No corpo, o que se usa cresce, e o que não se usa atrofia”

Isto acontece com os nossos músculos. Quando os usamos, crescem e mantém-se e quando não os usamos, como não precisamos deles, o organismo elimina-os, adaptando-os a uma necessidade do momento.

Se alguma vez tiver uma lesão e não puder treinar de maneira voluntária, mas sim que possa fazer eletroestimulação, indicar-lhe-ei um treino que o ajude a não perder massa muscular.

Se o seu eletroestimulador tem o programa “Amiotrofia” E “Remusculação” utilize-os da seguinte forma

Durante 2 semanas, três vezes por semana,  o programa “Amiotrofia” completo ciclo 2

Outra semana, durante 3 dias por semana, o programa “Remusculação” ciclo 2

Na quarta semana, durante dois dias por semana, intercalado durante 10 minutos com o programa “Amiotrofia” e outros 10 minutos com o programa “Remusculação” ciclo 3.

Faça todos os programas com os aquecimentos correspondentes.

Se o seu eletroestimulador não dispõe destes programas, utilize os seguintes

Troque o “Amiotrofia” pelo “Força Resistência” 

Troque o “Remusculação” pelo “Hipertrofia” ou o Body Building”

Todos os programas no ciclo 1 e com os aquecimentos completos.

Utilize estes programas até conseguir fazer um exercício voluntário. À medida que se encontre melhor, vai subindo a intensidade, pouco a pouco. Nestes casos, a forma de colocar o músculo não é importante, ou seja, temos comentado que a melhor forma de treinar com a eletroestimulação é colocar o músculo em isometria ou alongado para que a eletroestimulação seja mais eficiente. Se tem um membro imobilizado e tem que fazê-lo em concêntrico, é o mesmo. Treine o músculo de qualquer forma. À medida que vai recuperando a mobilidade, vai treinando a zona em isometria, com o músculo esticado.

Se tem uma zona mais musculada que outra, treine estes programas, tanto de um modo como de outro, nas duas pernas ou braços, adicionando 25% ou 30%  mais de intensidade na zona mais débil ou atrofiada. Desta forma, conseguirá aumentar a massa muscular, fortalecer e sobretudo não perder músculo.

Estou certo de que com este treino, o retorno à normalidade será muito mais fácil e rápido.

De qualquer modo, perante qualquer dúvida não deixe de consultar um especialista.

Seja Feliz

Pedro García