Gémeo compex explosivo para futebol

Eletroestimulacão e futebol 2ª parte

O artigo de hoje é dedicado ao treino de futebol com eletroestimulação.

Vou explicar-lhe um treino simples que o ajudará a conseguir maior força no salto e que, por sua vez, reforçará os músculos da barriga da perna para evitar entorses do tornozelo.

Tenho de lhe dizer que este treino é realizado por equipas de profissionais como o Real Madrid, o Futebol Clube de Barcelona, o Sevilha…… ah, Não sabia que as equipas de futebol profissional utilizavam o eletroestimulador para treinar?  Pois, agora já sabe. Utilizam-no como complemento ao seu treino, não só os da primeira, como também muitos da segunda, com o objetivo de recuperar depois das competições e em alguns períodos da época desportiva. Contam com a ajuda do eletroestimulador, para trabalhar os músculos ou movimentos específicos, com o novo compex Wireless, que não possui cabos, sendo o treino muito mais fácil e sem a dificuldade de estar dependente do cabo.

Realizará este treino 2 vezes por semana, durante 4 semanas. O objetivo é muito simples: conseguir saltar mais que o seu adversário para rematar com maior facilidade as bolas mais altas, ou se for guarda-redes, conseguir chegar mais longe nos seus lançamentos.

Partimos do princípio que este treino é complementado com treino voluntário e com treino de eletroestimulação nos restantes músculos que intervém no futebol.

Coloque os condutores adesivos como na fotografia abaixo. Dois grandes ao longo dos gémeos e dois pequenos ao longo do perónio. Pólo negativo em cima e positivo em baixo.

Se o seu eletroestimulador é sem fios, ótimo. Os cabos não o incomodarão de modo nenhum. Se o seu eletroestimulador tem cabos, não se preocupe. Prenda os cabos à perna com fita adesiva ou outro tipo de fita com velcro. O importante é que os cabos não fiquem soltos e não o incomodem.

Utilize o programa Força Explosiva ciclo 1.

O treino seria o seguinte:

Segure o eletroestimulador na mão, observe o ecrã e esteja atento quando terminar a fase de relaxamento.  Quando iniciar a contração, inicie o salto, o mais forte que conseguir, ou seja, acompanhe  a contração com um forte salto vertical. Cuidado para não deixar cair o eletroestimulador das mãos.  Quando chegar ao chão, seguramente a contração vem depois. Aguente-a e espere que ela termine.

Não é necessário aumentar muito a intensidade. Aumente-a até sentir-se numa situação cómoda. À medida que vai fazendo os saltos, poderá subir pouco a pouco a intensidade com maior comodidade. Cuidado com as dores musculares. Os gémeos doem, se não os tiver bem treinados.

Com este treino simples, conseguirá incrementar a força do seu salto vertical, as lesões e entorses, ganhando assim mais vantagens no momento de disputar uma bola no alto.

Seja Feliz

Pedro García

Gémeo compex explosivo para futebol