colocacao-de-adesivos-condutores-e-eletrodos-de-eletroestimulacao-crie-o-seu-lapis-ponto-motor-sem-adesivos-condutores-de-botao

Colocação de adesivos condutores e elétrodos de eletroestimulação. Crie o seu lápis ponto motor sem adesivos condutores de botão (Vídeo)

Num artigo anterior de eletroestimulação falamos sobre o modo mais eficaz de realizar uma sessão de treino ou massagem com o nosso eletroestimulador,  e para isso o primeiro passo é fundamental. Se não colocamos corretamente os adesivos condutores ou elétrodos no ponto motor não estamos a aproveitar ao máximo o treino ou massagem, e é uma pena que por não parar um pouco para localizar no local exato para colocar os adesivos condutores ou elétrodos perca eficácia num treino ou recuperação.

Depois de uma explicação no vídeo do artigo anterior, alguns de vocês transmitiram-me a inquietação causada pela razão de os vossos eletroestimuladores não terem as conexões para os adesivos condutores snap, as de botão, já que os vossos aparelhos eram dos antigos.

Pois bem, graças ao nosso amigo Michel que me ajudou com o seu eletroestimulador a fazer este vídeo, uma joia por certo, muito bem conservado e muito bonito, um compex sport II do ano 2001, pude preparar-lhes este vídeo para que os que não dispõem de eletroestimuladores com conexões snap possam também dispor do vosso particular lápis ponto motor.

Lembre-se sempre que o cabo negativo  tem que estar na base do músculo e que é o cabo positivo, o vermelho vermelho, o que se encarrega de procurar o ponto motor entre um bom bocado de gel condutor. Não se engane e não o faça com o cabo negro. Tenha este detalhe em atenção.

Outro detalhe é o gel. É preciso aplicar gel abundante para que a condução seja boa. Se lhe ficar curto, a eletricidade não se transmitirá adequadamente e além disso poderá ter a sensação de picadas. Será incómodo.

Neste novo vídeo, para averiguar o local exato de onde se localiza o ponto motor, o programa que eu escolhi foi o aquecimento da “Resistência” e como se pode ver, o resultado foi bom.

Espero que este vídeo responda às inquietudes daqueles que não podiam fabricar o seu lápis ponto motor.

Como sempre, ao ouvir os vossos pedidos e ao tentar dar-lhes soluções eficazes, despede-se o vosso amigo.

Lembre-se de colocar o subtítulo em Português se não entende muito bem o Espanhol.

Pedro García

Sejam felizes

>