Frequência, Hertzs e Eletroestimulação. Hertz para a eletroestimulação. Compex, cefar, globus..

Eletroestimulação e eletroestimuladores. O que são os hertzs

Sou muitas vezes questionado por vocês sobre a diferença entre hertz, miliamperes, microcoulomb, intensidade, frequência… acreditem quando lhes digo que, muitas vezes, nem eu tenho, ainda, clarificadas as definições totais de estes parâmetros.

Com estudo e algum tempo, vou compreendendo algumas coisas sobre o funcionamento dos eletroestimuladores que, a pouco e pouco, fui partilhando consigo.

Hoje é a vez de lhe explicar o que é um Hertz.

Segundo a definição da Wikipédia:

Um hertz representa um ciclo por cada segundo, entendendo ciclo como a repetição de um acontecimento. Por exemplo, o hertz aplica-se na física à medição da quantidade de vezes que um segundo que se repete uma onda (seja sonora ou eletromagnética), magnitude denominada frequência e que é, neste sentido, a inversa do período. Um hertz é a frequência de uma partícula num período de um segundo.  

Se transportarmos esta definição para a eletroestimulação, um hertz seria uma contração por segundo. Um exemplo claro do que é um hertz no seu eletroestimulador seria o programa “Descontraturante”.  Pois funciona a uma frequência de um hertz, ou seja, a uma contração por segundo.

De acordo com a quantidade de hertzs de  um programa que aplique sobre os nossos músculos, conseguiremos treinos em diferentes níveis.

Por exemplo:  

  • Treino de 1 a 10 Hertzs conseguimos relaxamento, aumento da irrigação sanguínea e da segregação de endorfinas. São as denominadas “Massagens” ou “Recuperações”
  • Treino de 10 a 50 Hertzs : conseguimos melhorar  a resistência aeróbica muscular (capacidade oxidativa do músculo), a firmeza muscular e melhoras estéticas. Por exemplo, o programa “Resistência Aeróbica” e a “Firmeza Muscular”
  • Treino de 50 a 75 Hertzs conseguimos melhorar a força e o volume do músculo. Por exemplo, em programas como o  “bodybuilding” ou “Força-resistência”
  • Treino de 75 a 120 Hertzs : conseguimos melhorar a força máxima. Por exemplo, o programa “Força” ou “Força Explosiva”
  • Treino de 120 a 150 Hercios, conseguimos melhorar a força explosiva e a reação. Por exemplo, em programas como o “Força Explosiva” ou o “Pliométrico”

Este seria um resumo geral de como os hertzs  conseguem trabalhar diferentes áreas dos músculos. Se tem de programar o seu eletroestimulador para conseguir os seus objetivos, com certeza que esta tabela será de grande ajuda.

Por acaso, na maioria dos casos não é necessário preocupar-se em colocar os hertzs no eletroestimulador uma vez que já vem preparado e programado de fábrica. O que é necessário ter claro é o objetivo e a forma de trabalhar para alcançá-los. Saber como funciona o músculo, como se recupera e de que forma pode incluir a eletroestimulação na sua atividade diária para alcançar com êxito os seus objetivos.

Continue comigo e aos poucos lhe irei contando como conseguir com êxito os seus objetivos de maneira fácil, eficaz e divertida.

Seja feliz

Pedro García