Treino para maratona e running com eletroestimulação compex e globus. Fonte imagem www.sxc.hu

Treino de eletroestimulação para maratona. Mês 3

Depois de dois meses de treino de running mais eletroestimulação para preparar uma maratona, e três voluntários algo desconfiados aos quais fui convencendo a pouco e pouco, enfrentavamos o terceiro mês de treino. O mês decisivo.

No dia em que nos reunimos para detalhar os treinos de eletroestimulação do terceiro mês, notei algo que não me tinha apercebido nas reuniões anteriores. Apercebi-me de que as minhas três cobaias estavam algo inquietas, à espera dos seus treinos. Apercebi-me de que tinha ganho a sua confiança. Demorei dois meses, mas no final valeu a pena esperar. É uma sensação muito agradável quando se nota que as pessoas confiam plenamente em si, (Digo eu que as agradáveis sensações e os resultados que estavam a ter, também foram tidos em conta …)

O terceiro mês de treino de running com eletroestimulação foi começado da mesma forma que terminou o mês anterior, mas com mais alguma intensidade. Apenas treino em quádriceps.

Semana 1

Terça: Depois do treino, aplicamos o programa“Resistência” sem passar, desta vez, além das 180 intensidades ou 23 miliamperios.

Quinta: Antes do treino aplicamos o programa “Resistência” sem pasar, desta vez, além das 120 intensidades ou 17 miliamperios

Domingo: Depois de treinar, aplicamos o programa “Resistência”, sem pasar, desta vez, além das 100 intensidades ou 15 miliamperios.

Semana 2

Terça: Depois do treino, aplicamos o programa“Resistência ” sem passar, desta vez, além das 180 intensidades ou 23 miliamperios.

Quinta: Antes do treino aplicamos o programa “Resistência” sem pasar, desta vez, além das 110 intensidades ou 16 miliamperios

Semana 3

Terça: Depois do treino, aplicamos o programa“Resistência Aeróbica” sem passar, desta vez, além das 180 intensidades ou 23 miliamperios.

Semana 4 

Programa Capilarização ou oxigenação 2 vezes por dia, todos os dias. Uma vez de manhã e outra de tarde.

Durante o mês, nos dias que não treinavamos Resistência, faziamos capilarização.

Os resultados:

Finalmente, o melhor de tudo foi comprovar que isto da eletroestimulação funciona quando se aplica bem.

A cobaia que melhor o fez, melhorou o seu tempo na maratona em quase 12 minutos. Um fenómeno. O segundo fez menos 9 minutos e 14 segundos que o seu anterior melhor tempo e o terceiro foram 4 minutos e 30 segundos a menosTODOS MELHORARAM OS SEUS TEMPOS,  mas o melhor de tudo foram as sensações depois da maratona: ESPETACULARES. Não houve dores fortes nem cansaço excessivo.

Na semana seguinte, estavam a fazer marcha rápida de recuperação com umas sensações que anteriormente não tinham tido.

Bom, pois aqui está o meu treino para running e maratona com eletroestimulação. Espero que também o possa aproveitar.

0

Seja feliz

Pedro García