Treino para maratona e longa distância com eletroestimulação. Fonte imagem www. sxc.hu

Treino de eletroestimulação para maratona. Mês 1

Começamos o primeiro mês de treino para running com eletroestimulação. Concretamente, este plano de treino é desenhado para melhorar resultados em maratona, contudo os resultados demonstraram-nos que tembém se dequa para meia maratona  e também serve para corrida 10.000.

Na primeira fase das três que se compõe este treino de running com eletroestimulação, quis focar-me numa melhoria dos capilares do principal músculo que nos íamos centrar: o quadriceps. Estivemos durante algum tempo com massagens diárias  e os deportistas começaram a notar melhorias, logo na primeira semana.

O treino do primeiro mês consistiu no seguinte:

Nas primeiras três semanas aplicou-se o programa Capilarização ou Oxigenação nos quadriceps com uma frequência diária e sempre depois o treino, nos dias que se treinava e, antes de dormir, nos dias que não se treinava.

Na última semana do primeiro mês começamos a fazer o programa completo de “Resistência” 2 vezes por semana. A terça e quinta foram os días escolhidos. Sempre antes de treinar e  a uma intensidade máxima aplicada de 80 unidades de energias ou 12 miliampérios.

Evidentemente que nas primeiras sessões em que se aplicou no quadriceps, o programa de “Resistência” causou dores musculares e correu um pouco mal, mas com o programa capilarização ou oxigenação fomos diminuindo-as ao longo da semana.

À primeira vista, tinhamos começado bem o mês, mas terminávamo-lo mal. A sensação de dores musculares faziam com que não se fizessem bem os treinos. Tinha-se perdido a motivação e as dores musculares incomodavam muito mais do que parecia.

Restavam o segundo e o terceiro mês, ainda que algo me dissesse que as minhas cobaias não estavam muito interessados no seu próximo programa de treino com eletroestimulação para running.

No artigo  seguinte, contar-lhe-ei o que fizemos no  segundo mês.

Se feliz

Pedro García