electroestimulacao desportiva pt

Treino ciclista

Treino triatlo com eletroestimulação; Ciclismo

Aqui lhe apresentamos um treino com electroestimulação para ciclismo, para ajudá-lo a melhorar no triatlo. Sem dúvida alguma que ter os quadríceps bem preparados, ajudá-lo-á a manter um bom ritmo sobre a bicicleta e na hora de correr a pé, atrasando, com este treino com electroestimulação, o aparecimento da fadiga.

Leia mais »

Mi Range. Selecione a intensidade adequada para a massagem

O cabo MI de Compex com a função MI Range pode ajudá-lo a fazer massagens eficazes. O objetivo da massagem é acelerar a recuperação, bombear o sangue e devolver ao músculo eletroestimulado as boas sensações. Se aplicarmos uma massagem a elevada intensidade, por exemplo nos quadríceps acima de 100 microculombios, não estaremos a facilitar o bombeio de sangue para que os nutrientes cheguem à zona e a recuperem antes, mas sim estaremos a efetuar pequenas contrações que, em vez de relaxar o músculo, vão fazê-lo trabalhar muito mais.

Leia mais »

Porque é que a eletroestimulação não funciona?

Algumas pessoas insistem que a eletroestimulação não funciona, e não lhes retiro a razão. Não funciona porque não a sabem utilizar, é por isso que não funciona. Não se pode começar uma casa pelo telhado, pois não? E não é por acaso que os músculos que treina com o eletroestimulador não são os mesmos que os que treina de maneira voluntária. Com um treino bem planeado estará a demonstrar que a eletroestimulação funciona.

Leia mais »

A eletroestimulação funciona? Experiências da Granfondo Quebrantahuesos

A eletroestimulação funciona?
Esta mesma pergunta foi-me feita dezenas e dezenas de vezes por pessoas que como você, estão à procura de informação sobre como tirar mais rendimento do eletroestimulador. A eletroestimulação funciona? A eletroestimulação é eficaz? Como se deve treinar com um eletroestimulador?
Aqui lhe deixo a experiência de José António G. que seguiu o programa de treino com eletroestimulação e treino voluntário

Leia mais »

Eletroestimulação e eletroestimuladores. Resistência para treinar

Para integrar a eletroestimulação no nosso dia a dia, sempre que desejemos ter uma boa base aeróbica, recomendo começar com o programa de “resistência”.
Este programa vai ajudá-lo a criar fibras lentas, que são as responsáveis do trabalho a baixa intensidade, durante muito tempo, sem praticamente notar cansaço. Vai conseguir melhorar a sua rede de capilares, atribuindo-lhe mais resistência aos nossos músculos, mas além disso, se formos capazes de aumentar a intensidade do nosso eletroestimulador, multiplicaremos os efeitos do nosso treino e veremos resultados num curto prazo de tempo do que se fizéssemos apenas exercício voluntário.

Leia mais »
Open chat
1
Precisas de ajuda?
Scan the code
Olá!!!
Está à procura de um produto e não tem a certeza de qual é o que melhor lhe convém?

Quer que eu o ajude?
Aceito ser incluído no ficheiro de Pedro García López para receber uma resposta ao meu pedido. Poderei cancelar a minha inscrição de acordo com a Política de Privacidade.