Riscos e perigos da eletroestimulação

Eletroestimulação do pescoço para cima. Perigo de morte

Todos queremos estar, a cada dia que passa, mais bonitos e bonitas. Cremes adelgaçantes, cremes para salientar os abdominais, lipoaspirações, radioterapia, eletroestimulação, botox… são uma infinidade os tratamentos que existem para, a cada dia que passa, ter um melhor aspeto.

Há alguns dias, uma amiga de https://www.electroestimulaciondeportiva.com/ enviou-me esta mensagem:

Olá Pedro,

Sigo a sua página há alguns meses e gostava de lhe dizer que está a fazer um trabalho fantástico. Obrigada pela ajuda que tem dado aqueles que não sabem como trabalhar com a eletroestimulação, e pela ajuda a entender, a cada dia que passa, um pouco mais, sobre os nossos eletroestimuladores.

Gostava de lhe colocar uma dúvida.

Tenho visto que algumas clínicas oferecem um pacote de rejuvenescimento facial no qual incluem a eletroestimulação. Segundo  o que li na publicidade, dizem que eliminam as rugas de pescoço, contorno dos olhos e que esticam a pele.

Isto está correto? Pode fazer-se eletroestimulação na cara?

Obrigada pela resposta e se possível, diga-me que programas tenho de aplicar para que eu também posso colocar o meu eletroestimulador na cara.

Muito obrigada

De facto, os eletroestimuladores podem ajudar a esticar a pele da cara. O motivo é muito simples. Se não trabalhar os músculos da cara, estes acabam por “descair”. Tornam-se flácidos. Um eletroestimulador trabalhará esses músculos e tornar-los-à mais fortes, ficando mais tensos e menos flácidos. Fomentará a circulação na zona, pelo que a pele, ao estar melhor preenchida de nutrientes tornar-se-á mais jovem. Tudo isto fará com que tenha menos rugas, músculos mais tensos e pele mais pura.

Isto é o que a eletroestimulação pode fazer por si.

MAS…

É preciso ter MUITO cuidado quando colocamos o eletroestimulador em qualquer parte acima dos ombros.

 -Cuidado porque os eletroestimuladores convencionaisnão trazem uma cronaxia tão pequena, que sirva para se aplicar na cara. Os músculos da cara são muito pequenos e tem de se aplicar uma amplitude de impulso muito pequena.

 -Os elétrodos com os que trabalham normalmente os eletroestimuladores musculares são demasiado grandes para a cara. Isto faz com que não trabalhe um músculo em concreto, mas sim que eletroestimule uma zona ampla, fazendo, desta maneira, com que a eletroestimulação seja bastante incómoda.

 -Uma coisa muito importante: Cuidado ao fazer a eletroestimulação perto, em cima ou à volta da artéria carótida.  Esta artéria está encarregada de levar o sangue ao cérebro e rege-se por impulsos nervosos que podem ser alterados ao aplicar a eletroestimulação, aspeto que seria mortal, já que se poderia ficar sem sangue no cérebro.

 -Cuidado com a aplicação da electroestimulação à volta dos lábios. Há uma zona chamada “o triângulo da morte”  que vai desde o nariz até ao lábio superior. Esse triângulo possui um importante circuito de capilares e estes não são como as veias, que têm um sistema para que o sangue vai apenas numa só direção. Isso faz com que esta zona seja muito sensível para muitas coisas: borbulhas, feridas e inclusivamente a eletroestimulação.

Assim, já sabe, se quer aplicar a electroestimulação do pescoço para cima, que seja um profissional aquele que lhe dê a informação ou que o faça e sobretudo que seja um eletroestimulador adequado, para que não tenha os resultados que não pretende.

Seja Feliz

Pedro García.